Política

Após pausa para o carnaval: qual o futuro da Calvário influindo na sucessão da Paraíba?

16/02/2020


Pelo saldo do que se viu de 2019 até agora como efeito da Operação Calvário há um conjunto de valores instruídos como provas a produzir hecatombe ao legado do ex-governador Ricardo Coutinho como jamais se imaginaria pela importância de sua história transformadora.

Em tempo: a revelada gravação por 8 anos de negociações entre o delator Daniel Gomes e o ex-governador tem efeito demolidor. Mesmo assim, há de se indagar pelo não acesso minucioso aos autos do processo: são mesmo 8 anos comprovados de gravação?

Dois: que outras provas diante das inúmeras outras delações – fatos relevantes até agora – devem comprovar as acusações feitas na prática na nova fase?

 

NÃO TERMINOU AINDA

Este é o contexto central de um enredo a influenciar bruscamente nas eleições de 2020 em João Pessoa podendo ainda se agravar com os novos capítulos à vista devendo envolver mais personagens da cena estadual e nacional.

É o imponderável que se expõe na fase seguinte diante do GAECO certo de que novas revelações e fatos devem aprofundar a crise em torno do caso.

Se isto é projeção plausível, possível de acontecer, persiste a força do que entendemos como imponderável afetando nosso futuro próximo.

Leia outros artigos

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.