Walter Santos

Multimídia e Analista Político.

Paraíba

ANTARES, 36 Anos depois: Uma História de ousadia e inovação que perdura até hoje mirando a Inteligência Artificial


12/02/2024

Júnior Guerreiro (Foto: Reprodução)

Até onde a vista alcança, houve um tempo em que ousadia não era para qualquer um, efetivamente exigia-se, como ainda agora, condições diferenciadas para se consolidar e vencer no mundo do empreendedorismo, seja na aldeia tabajara ou em Liverpool. Consolidar-se no mundo dos negócios nunca foi fácil. Se fosse na propaganda então continha valores especiais.

Pois bem, lembro bem da cara de então três jovens ousados de nome pela ordem alfabética – Augusto Correia Lima, Júnior Guerreiro (de uns tempos para cá) e Sérgio Rique – três joias raras até hoje. Uma constelação complementar.

Foram eles que, cada um à sua maneira, estabeleceram uma inserção de mercado especial consolidando estrutura reconhecida dentro e fora da Paraíba. Se reparar direito, a realidade posta requer novos elementos e estratégias mas a ANTARES está posta rejuvenescida.

É evidente que a morte de Sérgio Rique gerou baque imenso pela sua missão de pensador ao mesmo tempo articulador, e a saída de Augusto Cunha Lima também mexeu na estrutura. Restou Júnior Guerreiro e sua obstinação de avançar se reinventando com sua silhueta de um representante autêntico de ANTARES.

 

 

ANTES, A CIÊNCIA

Os três tinham o significado no quengo da importância da provocação. E o que diz a história com referência? Diz assim:

O nome Antares é derivado de Anti-Ares (Anti-Marte), pois Antares se assemelha, em sua cor avermelhada e brilho, a Marte, rivalizando com o planeta. É conhecida como uma das quatro estrelas guardiãs do céu dos Persas em 3000 a.C.

FUTURO BEM RESOLVIDO

O fato é que Júnior Guerreiro convive com diversos e imensos desafios de futuro seguro de que só o conhecimento renovado constrói como acontece um novo processo de vida à frente.

Eis o futuro e desafio do grande pensador e empreendedor guerreiro. Que sejam conquistas em todos os níveis.

ÚLTIMA

“Quem sabe faz a hora/ não espera acontecer”


O Portal WSCOM não se responsabiliza pelo conteúdo opinativo publicado pelos seus colunistas e blogueiros.
Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //