Política

Ações barrando “indústria do Ódio” alteram correlação de forças políticas acuando Bolsonarismo como nunca

12/07/2020


Flávio, Jair, Eduardo e Carlos Bolsonaro (Foto: Reprodução)

A série de ações registradas nos últimos tempos a partir de Brasilia dirigidas a extinguir das redes sociais a “indústria do Ódio” bancada pelos membros da família Bolsonaro com dinheiro público e privado já surtiu efeito.

Na prática, a rede de pessoas de ultra-direita que resolveu se assumir com ímpeto e ataques nunca visto foi obrigada a recolher suas armas de agressões absurdas e, pior, disseminando mentiras o tempo inteiro confundindo a opinião pública.

Felizmente, o bom senso começa a ser resgatado com decisões e medidas efetivas em diversos níveis, que não só a exclusão de milhões de endereços falsos pelo Facebook, mas ações da Justiça e da CPI das Fake News determinam novo relacionamento com repercussão política.

Por fim, mesmo sendo fundamental admitir e aceitar conviver com quem tem postura ideológica de ultra-direitista, nem por isso consideramos saudável adotar a agressão e a mentira como pressupostos de vida política saudável.

Chega de agressões!

Leia outros artigos

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.