Política

A pedra no caminho de Vitor Hugo e a falta de sorte de Cabedelo ainda diante da esperança


30/04/2021

Irregularidade foi apontada na gestão do atual prefeito Vitor Hugo (DEM)

Sexta-feira danada de forte esta chegando ao final de abril, 30, com toda carga possível de efeitos negativos na direção de Cabedelo – um dos mais importantes municípios da Paraíba a acumular azar imenso nos últimos tempos diante de desvios reais de recursos públicos. É o que atesta o Ministério Publico.

A realidade é simples de entender: o Ministério Público Estadual decidiu impetrar ação pública contra uma série de atuais e ex-agentes públicos do município de Cabedelo, a partir do atual prefeito Vitor Hugo, extensão do ex-prefeito Leto Viana, sob acusação de esquemas para desvios de recursos públicos.

Este é, sem duvidas, o maior e mais forte calo na vida pública do atual prefeito, que sempre pousou na defesa da moralidade, mas agora está encalacrado com esta nova onda de acusações formais do MP por conta da famosa operação “XEQUE MATE”.

O ADVENTO DA DEFESA

Diante da realidade posta inexiste outra alternativa que não seja oferecer amplo direito de defesa ao atual prefeito, como aos demais réus, porque do contrário estaremos celebrando antigo azar público de Cabedelo não se livrar da corrupção.

O fato é que tudo posto mancha fortemente a realidade cabedelense, sempre em busca de um Farol para transformá-la em exemplo e não neste saldo negativo à vista.

Vitor Hugo tem o direito da dúvida, mas vai precisar provar de vez que não se excedeu.

Leia outros artigos

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.