Política

Cícero Lucena anuncia aliança com o Republicanos que havia declarado apoio a Edilma Freire

A legenda era tida no roll de apoiadores da pré-candidata do Partido Verde (PV), porém, as instâncias partidárias definiram seguir o projeto do ex-prefeito Cícero Lucena

15/09/2020


Imagem reprodução - Cícero Lucena anuncia apoio do Republicanos



Na véspera da convenção para confirmação de sua candidatura na disputa da Prefeitura de João Pessoa, o Partido Progressista (PP) de Cícero Lucena recebeu o apoio do Republicanos, partido da base do governador João Azevêdo (Cidadania). A legenda era tida no roll de apoiadores da pré-candidata do Partido Verde (PV), porém, as instâncias partidárias definiram seguir o projeto do ex-prefeito em conjunto com o atual governador e uma ampla frente partidária.

O presidente estadual do Republicanos, deputado federal Hugo Motta, destacou a capacidade de mobilização do ex-prefeito Cícero Lucena, que é movido pelo respeito ao próximo e no cuidado com as pessoas. Segundo ele, João Pessoa precisa de um gestor humano, atento às necessidades do povo e ligado na atualidade, que não mede esforços para fazer o bem.

O presidente do diretório municipal do Republicanos, Valdir Trindade, afirmou que a legenda reconhece em Cícero Lucena e Léo Bezerra a composição mais preparada para recuperar João Pessoa dos efeitos da pandemia mundial. Ele também definiu o momento como inédito, onde a cidade pode ser entregue a aprendizes de gestor e que só Cícero reúne as condições porque já foi governador, senador, ministro e prefeito da cidade por dois mandatos. “Unidos vamos fazer muito mais por João Pessoa”, registrou.

Ao receber o apoio em encontro na manhã desta terça-feira (15), Cícero Lucena fez um agradecimento especial ao deputado Hugo Motta por compreender o momento de incertezas que a cidade enfrenta – assim como o Estado, o País e o Mundo. De acordo com o progressista, João Pessoa precisa de alguém que tenha sensibilidade, capacidade de construir relações e buscar soluções para as necessidades, sem teste ou experimento. “A cidade não pode ser entregue a aprendizes de gestor. O prefeito tem que estar pronto para governar e preparar o futuro dessa cidade, com desenvolvimento.

Com isso, o Progressistas fecha até o momento o arco de aliança com sete partidos – Cidadania, Avante, PTB, Republicanos, PMB, PTC e PMN na corrida pela Prefeitura da Capital.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.