menu

Paraíba

12/03/2013


CG: Vigilantes não recebem horas extras

Salários

 Continua tumultuada a relação entre a Prefeitura de Campina Grande e os servires da Secretaria de Educação. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab), pela segunda vez os trabalhadores que desempenham a função de vigilantes nas escolas do município estão sem receber as horas extras trabalhadas ao longo do mês de janeiro e fevereiro de 2013.

Para o presidente do Sintab, Napoleão Maracajá, esta prática não pode acontecer, pois fere os princípios de legalidade trabalhista.

“Isso é um absurdo, se alguém faz hora extra, esse funcionário tem o direito de receber. Além do mais, estamos testemunhando vários trabalhadores contratatos preenchendo a carga horária dos funcionários efetivos. Diante de tantos problemas, a greve na Educação a partir do dia 18 é inevitável”, projetou Napoleão Maracajá.