menu

Esporte

03/12/2019


Caso não vença o Grêmio, Cruzeiro pode ser rebaixado faltando uma rodada

Vitória ou até o empate do Ceará contra o Corinthians podem decretar o primeiro rebaixamento da história celeste.

Cruzeiro está muito perto do primeiro rebaixamento de sua história | Thiago Ribeiro / AGIF

Esporte Interativo

 

A situação do Cruzeiro encontra-se cada vez mais delicada no Brasileirão. Com a derrota para o Vasco, por 1 a 0, na noite desta segunda-feira (2), o clube mineiro vai depender de combinações de resultado para ficar na Série A, já podendo, inclusive, ser rebaixado na próxima rodada.

 

Caso o Ceará vença o Corinthians, no Castelão, na próxima quarta-feira (4), a Raposa vai entrar em campo, um dia depois, se vendo obrigada a conseguir os três pontos contra o Grêmio no Rio Grande do Sul para não chegar na última rodada já rebaixada para a Série B de 2020. A queda pode acontecer até com o empate dos comandados de Argel Fucks combinado a uma derrota do time de Adilson Batista.

 

Neste momento, o Vozão tem 38 pontos na tabela de classificação, enquanto os cruzeirenses, 36. O grande problema para a equipe celeste é que, caso ambos tenham chance de terminar com a mesma pontuação, o número de vitórias do Cruzeiro não permitiria que ele ultrapassasse seu rival na direto na briga contra o descenço: apenas sete contra dez dos nordestinos.

 

Além do Grêmio, os mineiros ainda têm pela frente o Palmeiras, na última rodada, em casa. Já o  Ceará, depois de receber o Corinthians, visita o Botafogo, no Nilton Santos.