menu

Política

25/06/2013


Cartaxo evita polemizar com Manoel Jr

PMDB no governo

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) evita desde que tomou posse entrar em rota de confronto com quem quer seja e fora algumas indiretas, sempre desconversar quando o assunto é alguma critica a sua gestão, ou a possibilidade de crise na base.

Na manhã desta terça-feira, 25, ao entregar 45 casas no bairro de Tambiá, Cartaxo mais uma vez foi instado a falar sobre declarações que atingem sei governo, mas mais uma vez usou o discurso conciliador que tem marcado sua gestão.

A bola da vez é a declaração do deputado federal Manoel Júnior, presidente municipal do PMDB, que afirma sem qualquer constrangimento que o seu partido não participa do governo, apesar de comandar uma secretaria, a de Desenvolvimento Urbano, com o advogado Assis Freire.

Para Manoel Júnior, a indicação de Assis faz parte da cota pessoal do deputado federal Benjamim Maranhão e não foi discutida com o partido.

Cartaxo, apesar de evitar polemizar com o deputado, criticou a discussão pequena e destacou que foi eleito para trabalhar e fazer o melhor por João Pessoa e todo aquele que tiver esse objetivo é bem vindo.

"Temos dois vereadores do PMDB que fazem parte da nossa base, integram nossa bancada, votam nas matérias do governo, temos o secretário Assis Freire, então não polemizar com o deputado Manoel Júnior, com quem mantenho uma ótima relação", destacou.