menu

Política

02/12/2019


Candidatura de Gervásio Maia não anima, e vereador do PT defende nome de Nelson Lira para prefeito de João Pessoa

Empresário aparece como um dos cotados do PT para encabeçar a disputa municipal, em 2020. Partido só deverá apoiar nome do PSB, se o candidato for Ricardo Coutinho.

Vereador Marcos Henriques defendeu Nelson Lira como candidato do PT à PMJP (Arquivo)

Da Redação
Portal WSCOM

O anúncio do deputado federal Gervásio Maia (PSB) como possível pré-candidato a prefeito de João Pessoa, na última sexta-feira (29) pelo presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, não repercutiu positivamente entre alguns militantes do Partido dos Trabalhadores (PT), um dos principais aliados dos socialistas, na Capital. Em contato com a imprensa, nesta segunda-feira (2), o vereador Marcos Henriques, defendeu candidatura própria do PT nas eleições 2020, na Capital paraibana.

O consenso dentro da militância é que o PT só deverá apoiar uma candidatura liderada pelo PSB, se o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) estiver na disputa. Mas, no caso de uma candidatura de Gervásio Maia, o vereador defendeu abertamente a viabilidade do lançamento do empresário Nelson Lira, ex-presidente do Botafogo-PB, como candidato a prefeito.

“O deputado Gervásio Maia exerce um bom trabalho no Congresso Nacional, mas, o Partido dos trabalhadores está trabalhando o nome do companheiro Nelson Lira, que não é uma imposição, assim como o nome de Gervásio também não deva ser imposição”, disse Marcos Henriques, em entrevista à Arapuan FM.

“Logicamente que, quando se aproximar a eleição em 2020, que é o momento adequado para isso, discutiremos o nome de maior viabilidade sob a lógica de que o Partido dos Trabalhadores está trabalhando uma única candidatura, a do companheiro Nelson Lira”, complementou.

A discussão em torno do candidato da legenda será coordenada pela presidente municipal do PT em João Pessoa, Giucélia Figueiredo. Para isso, a Executiva Municipal do PT já convocou a primeira reunião para discutir as estratégias eleitorais para 2020, que será nesta segunda-feira (2), às 18h, na sede regional do partido.

ERRAMOS

A reportagem do Portal WSCOM cometeu um erro na matéria ao atribuir, inicialmente, a fala retratada como sendo do presidente Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) na Paraíba, Jackson Macedo, quando, na verdade, tratava-se do vereador Marcos Henriques.

A editoria do Portal WSCOM pede as sinceras desculpas a Jackson Macedo, à toda Executiva Estadual e Municipal do PT, e ao leitor pelo equívoco e reitera o compromisso com a verdade dos fatos que são veiculados.