Política

Câmara aprova CPI para investigar secretário em Pedras de Fogo

06/12/2019


A Câmara de Vereadores de Pedras de Fogo aprovou, nesta sexta-feira (6), requerimento dos vereadores Leleo do Alternativo, Zé De Duda , Jailson Do Casadinho e Nelson Da Una, solicitando a instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), para investigar supostas irregularidades em ressarcimento ao secretário municipal de Infraestrutura, Lucas Romão.

Os vereadores que votaram a favor da CPI da bancada de oposição foram: Leleo do Alternativo, Zé de Duda e Nelson da Una. Da bancada de situação votaram a favor Fabiano Silva, Jurandir de Danda e Gel Bulhões. Foram contrários à Comissão Parlamentar de Inquérito os vereadores Zeca Empreteiro, Wilson Coelho e Itamar Monteiro.

Segundo denúncia dos vereadores, com base no Sagres, o secretário teria comprado balanços xalingo para serem colocados no parque ecológico Padre Silvio Milanez por R$ 2.360,42, conforme o empenho nº 0002858 de 23/08/2019. Segundo o vereadores, valor teria sido pago pelo secretário, que depois foi ressarcido pelo pagamento.

Lucas Romão é sobrinho do atual prefeito de Pedras de Fogo, Dedé Romão, e deve ser o candidato do grupo na disputa pela Prefeituras nas eleições municipais de 2020.

Confira o empenho abaixo:


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.