Justiça

Calvário: STJ nega pedido de habeas corpus e mantém prisão de Ivan Burity; defesa vai analisar possível novo recurso


24/10/2019

Ex-secretário Executivo de Turismo do Estado Ivan Burity. Foto: Reprodução



Da Redação
Portal WSCOM

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) negou, nesta quarta-feira (23), pedido de habeas corpus protocolizado pelos advogados de defesa do ex-secretário Executivo do Turismo do Estado, Ivan Burity, preso desde o último dia 9, durante a quinta fase da Operação Calvário.

Em contato com a reportagem do Portal WSCOM, o advogado Iarley Maia, que representa Ivan Burity, afirmou que ainda não teve acesso ainda ao teor da decisão. Ele disse que a defesa analisará a possibilidade de um novo recurso, após a análise do despacho.

A Operação Calvário visa desarticular uma organização criminosa suspeita de corrupção, lavagem de dinheiro e desvio de recursos em contratos firmados através do Governo do Estado, ainda nas gestões de Ricardo Coutinho (PSB), com Organizações Sociais.

A investigação identificou que a organização criminosa teve acesso a mais de R$ 1,1 bilhão em recursos públicos, para a gestão de unidades de saúde, no período entre julho de 2011 até dezembro de 2018.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //