Educação

CA de Comunicação divulga carta de repúdio contra professora Lúcia Oliveira

Polêmica

05/03/2013


Na tarde desta terça-feira, 5, o Centro Acadêmico de Comunicação Social Vladimir Herzog ligado a UFPB, manifestou-se a respeito do caso envolvendo a professora Lúcia Oliveira. A docente aparece em um vídeo agredindo verbalmente a aluna do curso de Comunicação Social, Bruna Ortolan. O CA divulgou uma carta-aberta de repúdio ao que chamou de “injustificáveis episódios de autoritarismo”.

De acordo com o documento, o CA tem conhecimento de queixas antigas a respeito do comportamento da docente. A carta pede ainda que o caso seja averiguado e que sejam tomadas providencias para que situações do tipo não se repitam.

“O professor, em sua responsabilidade acadêmica, é um provocador de ideias e não de conflitos, devendo, assim, disseminar a sapiência entro os alunos”, defende o documento, que ainda critica o fato da professora tentar constranger os alunos usando o próprio currículo.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.