Política

Bruno Cunha Lima, do PSDB, é eleito prefeito de Campina Grande

15/11/2020


Redação / Portal WSCOM



Bruno Cunha Lima (PSDB) foi eleito neste domingo (15) o novo prefeito de Campina Grande, no Agreste paraibano, para os próximos quatro anos. Com mais de 100% das urnas apuradas, o candidato obteve 54,58%, que corresponde a 111.526 dos votos válidos. Lucas Ribeiro (PP) foi eleito vice-prefeito na coligação “Um Passo à Frente por Campina”, com os partidos PSDB, Progressistas, Republicanos, PROS, PSC e PMB.

Com 100% da apuração, ele teve 111.526 votos, o equivalente a 54,58% dos votos válidos. Ana Cláudia (Podemos) teve 21,59%; Inácio Falcão (PC do B), 16,35%, Artur Bolinha (PLS), 4,82%; e Olímpio Rocha (PSOL), 2,56%.

“Sentimento de gratidão a Deus, sou temente a Ele que é o autor e consumador de todas as coisas e sabe o quanto sou grato por tudo isso. Gratidão também a cada cidadão de Campina que abriu as portas, gerou encontros, também durante as caminhadas, mesmo diante das restrições da pandemia, no aperto de mão. Agora, consolidada a vitória, a responsabilidade aumenta, porque é hora de derrubar muros e unir novamente essa cidade”, declarou Bruno.

A vitória do tucano representa a continuidade da gestão Romero Rodrigues (PSD), que em outras oportunidades, já havia afirmado que o seu sucessor é um dos melhores quadros da nova geração da política nacional, com carreira política coerente e está demonstrando, no atual processo sucessório, um elevado nível de preparação e maturidade na discussão das grandes pautas de interesse de Campina Grande.

Biografia

Bruno, 29 anos, é advogado e formado pela Facisa. Foi eleito o vereador mais votado no município de Campina Grande em 2012, pela coligação “Por Amor a Campina I” (PSB / PRP / PSDB / PSD), conquistando 4.631 votos (2,14%).

Em 2014, foi eleito deputado estadual pelo PSDB, obtendo 34.054 votos (1.69%). Nesta legislatura, foi presidente da Frente Parlamentar de Combate ao Câncer e presidente da Frente Parlamentar em Defesa da UEPB.

Em 2018, foi candidato a deputado federal pelo Solidariedade, obtendo 44.143 votos (2,22%), alcançando a segunda suplência da coligação e a maior votação para o cargo na cidade de Campina Grande.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.