Esporte

Braz admite cláusula de saída de Rafinha do Flamengo e estipula data de reunião para acerto com lateral

Vice-presidente de futebol do Flamengo falou sobre a possível saída do atleta.

17/01/2020


Foto: Flamengo

Fox SPORTS

Às vésperas da estreia no Campeonato Carioca, o Flamengo ainda tem um extracampo bastante movimentado. Além das contratações de peso, o clube carioca ainda precisa lidar com as possíveis saídas de alguns dos seus craques. Um deles é o lateral-direito Rafinha. Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, admitiu, nesta última quinta-feira (16), que o clube pode perder o atleta, apesar das chances serem consideradas pequenas pela diretoria.

 

“O Rafinha tem contrato em vigência. Existe uma cláusula que confirma que ele poderia sair para o exterior agora. É importante eu explicar para vocês o porquê dessa cláusula no contrato. O Rafinha é um atleta de 14 anos de Europa, com oito de Bayern de Munique, e nada do que mais plausível você oferecer uma segurança para o atleta. Caso ele não se sentisse seguro ou não se adaptasse. Afinal, são mais de dez anos morando na Europa. Mas é pouco provável ele fazer isso disso. Temos uma ótima relação. Vou esperar ele voltar para tratar desse assunto”, disse Braz.

 

Recentemente, em entrevista ao diário alemão Bild, Rafinha disse que se o clube alemão precisasse dele em um possível retorno, o atleta iria sem pensar duas vezes. “Eu estou feliz no Brasil, mas meu coração bate pelo Bayern de Munique. Se o Bayern precisar de ajuda, podem me chamar”. Porém, o atleta, por meio da assessoria de imprensa do Flamengo, fez questão de se explicar e disse que não pensa em deixar o clube no momento.

 

Marcos Braz ainda admitiu que esteve reunido com o empresário do lateral-direito, mas que, pela boa relação que tem com Rafinha, aguardará o atleta vir ao Brasil após as férias para conversar com o lateral.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.