Internacional

Brasileiro se revolta após expulsão da Câmara dos EUA: ‘Vão para o inferno’


01/12/2023

Portal WSCOM com 247



O deputado estadunidense George Santos, filho de imigrantes brasileiros e apoiador de Jair Bolsonaro (PL), reagiu com amargura e revolta em relação a sua expulsão pela Câmara, nesta sexta-feira (1). “Por que eu iria querer ficar aqui? Para o inferno com este lugar”, disse Santos de acordo com a CNN Brasil. “A Câmara falou, esse é o voto deles. Eles apenas estabeleceram um novo precedente perigoso para si próprios”, disse.

 

Ao ser questionado se estava ciente de que seria expulso do parlamento, Santos afirmou: “Eu não tinha nada a ver com o jogo.” “Você sabe o que? Como não sou mais oficialmente membro do Congresso, não preciso mais responder às suas perguntas”, disparou.

 

A expulsão de George Santos aconteceu na esteira das revelações de diversas irregularidades e crimes financeiros apontados por um relatório divulgado recentemente.  

O político, eleito pelo partido Republicano no ano passado, nega as acusações, classificando-as como um “cerco intimidatório” e “uma perseguição política”.

 

Segundo o G1, a votação para a expulsão exigia o apoio de dois terços da Câmara, o equivalente a 287 dos 435 deputados eleitos. Na terça-feira (28), Santos, de 35 anos, declarou que não renunciaria ao cargo.

 

Santos foi o sexto legislador expulso da Câmara dos Representantes ao longo da história dos EUA.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //