Futebol

Brasileiro: Palmeiras cai por 1 a 0 para o Goiás e perde 1ª com Abel Ferreira; Mayke é expulso

21/11/2020


Lucas Lima durante jogo entre Palmeiras e Goiás, pelo Brasileirão Cesar Greco/Ag Palmeiras

ESPN

Esfacelado por desfalques e jogando com um a menos desde os 37 do 1º tempo, o Palmeiras perdeu por 1 a 0 para o lanterna Goiás, neste sábado, na Serrinha, em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jovem Miguel Figueira fez o gol da vitória do Esmeraldino, acertando um chutaço de fora da área, já aos 47 do 2º tempo, sem chance de defesa para Weverton.

Vale salientar que o Verdão teve um verdadeiro “batalhão” de desfalques: Felipe Melo, Wesley e Luan Silva (lesionados); Zé Rafael (suspenso); e Danilo, Rony, Gabriel Silva, Matías Viña, Jaílson, Vinícius, Alan Empereur, Gustavo Scarpa, Gabriel Veron, Marino, Kuscevic, Quiñonez, Raphael Veiga, Breno Lopes, Willian, Aníbal e Pedro Acácio (COVID-19).

Com o resultado, o time do Palestra Itália desperdiça chance de dormir em 3º lugar, fica com 34 pontos e no 5º lugar. Já os goaianos seguem na lanterna, mas agora têm 15 pontos.

Em campo, o Palmeiras começou com tudo e quase abriu o placar logo no 1º ataque, em duas boas chegadas de Luiz Adriano.

No entanto, o centroavante acabou sentindo dores na coxa pouco depois e teve que sair, dando lugar ao jovem Fabrício, de apenas 1 anos, no ataque.

Para piorar para os palestrinos, Mayke acabou entrando de sola em adversário e, após revisão do lance no VAR, acabou expulso com vermelho direto pelo árbitro Bruno Arleu de Araújo.

E, logo depois, o Goiás teve sua melhor chance no jogo: Shaylon invadiu a área, girou em cima da marcação e bateu com muito perigo.

No 2º tempo, o técnico Abel Ferreira reorganizou o Palmeiras defensivamente, com duas linhas marcando bem e tentando arrancar nos contra-ataques.

Dessa forma, as chances de gol rarearam de vez, já que os donos da casa mostravam muitas deficiências no toque de bola, enquanto o Verdão simplesmente não tinha força para atacar.

Em um dos poucos momentos de emoção, Patrick de Paula soltou uma bomba de fora da área, aos 34 minutos, e exigiu ótima defesa de Tadeu.

E quando parecia que a partida terminaria empatada, o jovem Miguel Figueira ganhou de Patrick de Paula na corrida e soltou um balaço de fora da área. A bola saiu fortíssima e entrou quase na gaveta de Weverton, que pulou, mas não chegou.

Golaço para dar ao Goiás apenas a sua 3ª vitória no Brasileirão!

Ficha técnica
Goiás 1 x 0 Palmeiras
GOLS: Goiás: Miguel Figueira

GOIÁS: Tadeu; Taylon (Rafael Moura), Fábio Sanches, David Duarte e Jefferson (Rodrigues); Breno, Ariel Cabral (Miguel Figueira) e Gustavo Blanco (Alyson); Keko, Douglas Baggio (Shaylon) e Fernandão Técnico: Augusto César

PALMEIRAS: Weverton; Emerson Santos, Gustavo Gómez e Renan; Marcos Rocha, Patrick de Paula, Ramires, Lucas Lima (Esteves) e Mayke; Marcelinho (Gabriel Menino) e Luiz Adriano (Fabrício) (Luan) Técnico: Abel Ferreira

1ª expulsão do lateral Mayke na temporada pelo Palmeiras

Fabrício, de apenas 19 anos, entrou no lugar de Luiz Adriano

3º gol de Miguel Figueira em 16 jogos pelo Goiás na temporada

Foi apenas a 3ª vitória do Goiás no Campeonato Brasileiro

Fim da série de 11 jogos sem ganhar do Goiás no Brasileiro

1ª derrota do técnico Abel Ferreira no Palmeiras

Classificação
– Goiás: 20º lugar, com 15 pontos
– Palmeiras: 5º lugar, com 35 pontos

Próximos jogos
As duas equipes voltam a campo nos próximos dias.

Quarta-feira, 25/11, 19h15*, Delfín x Palmeiras, Libertadores

Quinta-feira, 26/11, 20h*, Fortaleza x Goiás, Brasileiro

*horário de Brasília


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.