menu

Mais Esporte

16/03/2016


Belo segura o empate contra o Linense

Copa do Brasil

O Botafogo-PB foi ao interior de São Paulo para fazer sua estreia na Copa do Brasil de 2016 contra o Linense na noite desta quarta-feira (16). O time da casa saiu na frente com o experiente Thiago Humberto cobrando um pênalti que foi marcado de forma polêmica, mas o Belo igualou ainda na primeira etapa com Muller, garantindo o resultado de 1 a 1. Um empate por 0 a 0 no jogo de volta garante o time pessoense na próxima fase.

Sem contar com o treinador Itamar Schulle, que não viajou por precauções médicas, à beira do gramado, o Botafogo-PB começou bem a partida, tinha mais posse de bola e controlava o jogo, mas não conseguia finalizar.

Só que aos 11 minutos, o árbitro marcou falta em Gabrielzinho, atacante do Linense, na entrada da área. Porém, o auxiliar Leandro dos Santos acusou que a infração foi dentro da área, e o juiz marcou pênalti de forma polêmica.

Sem ter nada a ver com a confusão, Thiago Humberto mandou no canto direito de Michel Alves, que pulou na bola, mas não conseguiu evitar o gol do Linense.

A resposta do Belo veio aos 19 minutos com Jéfferson Recife, que chutou de fora da área com muito perigo.

Mesmo atrás no placar, o time pessoense seguia melhor na partida, e foi recompensado com o empate. Aos 25 minutos, após jogada coletiva, Ângelo cruzou da direita, Jéfferson Recife ajeitou para Carlinhos, que chutou em gol. O arqueiro do Linense rebateu, e Muller tocou no canto esquerdo para deixar tudo igual no interior de São Paulo.

Os donos da casa tentaram pressionar após o gol do Belo, e a melhor chance de voltar à frente do placar no primeiro tempo aconteceu aos 41 minutos, quando Zé Antônio cobrou falta da intermediária e obrigou Michel Alves a fazer grande defesa e espalmar a bola para escanteio.

Após o intervalo só deu Linense. O time da casa tinha mais posse de bola e pressionava o Botafogo-PB em busca da vitória.

Dois dos principais jogadores do time paulista, os atacantes William Pottker e Anderson Aquino, que começaram a partida no banco de reservas, entraram em campo ainda no início da etapa complementar.

Aos 12 minutos da segunda etapa o Elefante teve duas chances de marcar. Primeiro Thiago Humberto cobrou falta na cabeça de Adalberto, que mandou por cima do gol. Na sequência, Leandro Brasília invadiu a área e chutou na saída do arqueiro do Belo, que fez boa defesa e mandou para escanteio.

Outro susto da equipe do interior de São Paulo veio aos 29 do segundo tempo. Anderson Aquino entrou na área pelo lado esquerdo e bateu cruzado. A bola foi na rede, mas pelo lado de fora.

Já no fim do jogo, aos 44, Leandro Brasília apareceu de novo com perigo e chutou colocado da meia-esquerda de pé direito, mas Michel Alves mais uma vez salvou a equipe do Belo de uma derrota.

Com o empate por 1 a 1, no jogo da volta em João Pessoa o Botafogo-PB se classifica se empatar por 0 a 0 ou vencer por qualquer placar. Caso o resultado se repita, a partida vai para os pênaltis. De 2 a 2 em diante, ou qualquer vitória do Linense, a vaga ficará com o time do interior de São Paulo. A segunda partida do confronto será no dia 19 de abril.

Equipe @Vozdatorcida