menu

Mais Esporte

23/02/2016


Belo arranca 1º ponto do Fortaleza

Copa do Nordeste

O Botafogo-PB foi até a capital do Ceará enfrentar o Fortaleza na noite da terça-feira (23) para tentar buscar sua primeira vitória na Copa do Nordeste após mais de dois anos. A partida foi válida pela terceira rodada do Grupo D da competição, e não foi dessa vez que o time pessoense voltou a triunfar na competição, mas conseguiu empatar fora de casa por 1 a 1.

Itamar Schulle, técnico do Belo, optou por mudar o esquema tático do time para a partida. O 3-5-2 foi implantado, e Magno Alves perdeu a vaga de titular na zaga. O trio defensivo foi formado por Marcelo Xavier e Nildo, além do capitão Plínio. Na frente, Jó Boy e Carlinhos formaram a dupla de ataque.

O início do jogo aconteceu com atraso devido a falta de energia no estádio Castelão. Quando a bola rolou, o Botafogo-PB teve a primeira boa chance da partida. Aos 4 minutos, Zeca avançou pela esquerda e cruzou, a defesa rebateu para o meio da área e Jó Boy, da marca do pênalti, ajeitou e chutou de perna direita, mas a bola passou à direita da trave de Erivelton.

Com a mudança de esquema, os laterais ficaram com muita liberdade, e aos 8 minutos, Zeca subiu novamente pela esquerda e cruzou para o meio. O goleiro do Fortaleza se atrapalhou com a bola, que sobrou para Jó Boy. Desequilibrado, o atacante chutou de esquerda para fora.

Mas quem saiu na frente do placar foi o Fortaleza. Aos 13 minutos, Pio iria cobrar falta da intermediária. A defesa do Belo cochilou, e o seu ex-jogador apenas tocou para Eduardo, que estava sem marcação na grande área. O camisa 7 do Leão do Pici apenas tocou no canto direito de Michel Alves na saída do goleiro, e marcou o primeiro gol do jogo.

Com o gol sofrido, o Botafogo-PB perdeu o bom rendimento do início do confronto e passou a deixar evidentes os defeitos que vem sendo comum no decorrer da temporada. Sem articulação no meio campo, o time pessoense abusava das ligações diretas, e a defesa do Fortaleza levava ampla vantagem nas bolas esticadas.

Somente aos 40 minutos do primeiro tempo o Belo voltou a finalizar. Janeudo recebeu a bola na intermediária e arriscou para o gol, mas Erivelton defendeu sem dificuldades. Ainda antes do intervalo deu tempo para o tricolor cearense responder com Eduardo, que recebeu passe de Elias aos 44 minutos, e arriscou de perna esquerda, mas Michel Alves espalmou o chute.

Segundo tempo

O ritmo da partida caiu muito após o intervalo. O Fortaleza tentava administrar a vantagem, e o Botafogo-PB tinha dificuldades de criação e não conseguia chegar ao ataque. Nada de interessante aconteceu nos primeiros quinze minutos após o intervalo.

Sem opções com a bola no chão, a única chance do Belo conseguir criar perigo parecia ser nas bolas paradas. E foi em uma bola alçaca à área que saiu o gol de empate. Aos 17 minutos Zeca cobrou falta pela esquerda, o zagueiro Marcelo Xavier subiu mais que todo mundo e cabeceou. A bola cobriu o arqueiro e morreu no fundo da rede.

Após o empate, o Fortaleza que passou a sentir a falta de organização de seu time, e saindo para o ataque de maneira desordenada, acabou cedendo alguns espaços para o time pessoense. E aos 30 minutos, quase sai a virada do Belo. Warley roubou a bola na intermediária, avançou e passou para Carlinhos, que entrou pela direita da área e chutou cruzado. O goleiro Erivelton foi obrigado a fazer grande defesa para mandar a pelota para escanteio.

Até o fim do jogo o Fortaleza tentava pressionar, mas não conseguia criar perigo. O Botafogo-PB se fechava para sair no contragolpe, entretanto não conseguiu ser efetivo em suas tentativas, e o placar acabou mesmo em 1 a 1.

Com o resultado, o Fortaleza chegou a 4 pontos, e ocupa agora a segunda colocação. O Botafogo-PB segue na lanterna do Grupo D, agora com 1 ponto. Na próxima quarta-feira (02) as duas equipes voltam a se enfrentar, desta vez no estádio Almeidão.

Ficha técnica

Fortaleza 1 x 1 Botafogo-PB

Copa do Nordeste 2016 (Grupo D – 3ª rodada)
Estádio: Castelão

Arbitragem: Zandick Gondim (RN)/ Vinicius Melo de Lima (RN)/ Jean Márcio dos Santos (RN)

Gols: Eduardo (F); Marcelo Xavier (B)
Cartões amarelos: Pio, Felipe (F); Janeudo (B)

Fortaleza: Erivelton, Moacir, Lima, Leonardo Luiz, Jean Mota; Pio, Corrêa (Felipe), Everton, Elias (Augusto); Eduardo (Núbio Flávio), Anselmo. Técnico: Flávio Barros.

Botafogo-PB: Michel Alves, Marcelo Xavier, Plínio, Nildo (Magno Alves); Ângelo, Gedeil (Thiago Costa), Djavan, Janeudo, Zeca; Jó Boy (Warley), Carlinhos. Técnico: Itamar Schulle.

Equipe @Vozdatorcida