Política

Bolsonaro joga querosene no fogo ao propor abolir uso de máscaras, afirma Wellington Dias


11/06/2021

Portal WSCOM



O presidente do Fórum dos Governadores, Wellington Dias (PT-PI), disse que a proposta apresentada por Jair Bolsonaro de desobrigar o uso de máscara por quem já foi vacinado contra a Covid ou quem já se infectou com o coronavírus é o mesmo que jogar querosene em um incêndio enquanto todos tentam apagar o fogo.

Na direção oposta à do ocupante do Palácio do Planalto, o governador do Piauí diz que o uso das máscaras continuará sendo recomendado nos estados.

Wellington Dias reafirou a posição de seguir a ciência e que a máscara é uma medida de proteção. A vacinação no Brasil ainda é lenta e ao menos 75% dos brasileiros não tomaram ainda a primeira dose da vacina. Enquanto isso, a taxa de transmissibilidade da Covid-19 está alta.

Referindo-se à proposta de Bolsonaro, o governador do Piauí diz: “Uma declaração como essa é como estarmos em meio a um incêndio de grandes proporções no país, todo mundo trabalhando para apagar, e chega alguém e diz: ‘joga querosene'”, informa o Painel.

Bolsonaro anunciou nesta nesta quinta-feira (10) que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, prepara um parecer sobre o tema.

Apesar dessa proposta, uma pessoa pode transmitir o vírus mesmo que esteja vacinada e sem apresentar sintomas.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.