Política

Bolsonaro admite que “no tempo de Lula a carne era mais barata”

O presidente Jair Bolsonaro admitiu que a vida do povo era melhor no tempo de Lula, mas culpou a pandemia


19/02/2022

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil e Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

Brasil 247



Jair Bolsonaro (PL) admitiu que “a carne era mais barata” nos governos do ex-presidente Lula (PT), durante transmissão nas redes sociais nesta sexta-feira (18). Ele se justificou pelo alto preço da carne atualmente diante da pandemia da Covid-19 e outros fatores. No entanto, o preço da carne vem subindo desde o golpe de 2016.

“Ah, no tempo do Lula você comprava carne mais barata’. Comprava sim, só que ele não enfrentou uma pandemia, não enfrentou endividamento de R$ 700 bilhões. Não enfrentou uma situação de emprego terrível no Brasil, pelo menos 40 milhões de pessoas viviam na informalidade. Não tinham carteira assinada”, disse Bolsonaro. “Ah, com o Lula era melhor. Ele não enfrentou uma pandemia que eu enfrentei”, justificou.

Nesta sexta, Bolsonaro também acusou Lula de fazer o que ele faz, afirmando que o ex-presidente tem ganhado apoio porque já teria negociado a entrega dos comandos de ministérios e estatais do país.

“As informações que a gente tem — não comprovadas — é que o ex-presidiário ele tem conseguido muito apoio porque tem negociado ministérios, estatais. […] Não sei é verdade. [Eles dizem:] ‘Ó, para aquele líder partidário eu vou oferecer a Caixa Econômica federal e um ministério’. E também está nessa negociações essas duas vagas [para o STF] para o ano que vem, com promessas que eu não vou falar porque eu não tenho provas. […]”, afirmou Bolsonaro.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.