Política

Benjamin Maranhão prega consenso no PMDB

ELEIÇÕES 2012

04/01/2013


O deputado federal e presidente do diretório municipal do PMDB em João Pessoa, Benjamim Maranhão, afirmou que deixa o cargo à disposição para que haja uma discussão e a busca por um consenso para a eleição do novo presidente. Ele afirmou que o vereador João Almeida é um nome forte para substituí-lo, mas o vereador Fernando Milanez também é “bem vindo”, assim como os deputados estaduais.

“O diretório vai fazer um diálogo muito grande, que estará sendo aberto a partir de agora. Existem muitos postulantes e temos que levar isso com muita cautela para fazer como foi feito em relação ao diretório estadual, onde se chegou a um consenso com a participação de todos”, afirmou.

E continuou: “O nome de João Almeida é bem vindo, como o de Fernando Milanez, dos deputados estaduais e até de outros que contribuíram para que o partido tenha a força que tem na Capital. Não estou colocando como prioridade eu permanecer na presidência. Só ficaria se fosse um consenso, mas também coloco o cargo à disposição de construir este consenso. Vamos trabalhar para isso”, declarou.

Apesar disso, Benjamim Maranhão afirmou que tem uma preferência pelo vereador João Almeida, que está retornando à Câmara Municipal nesta legislatura. Segundo Benjamim, o parlamentar não está satisfeito com o espaço destinado por Luciano Cartaxo (PT), na prefeitura de João Pessoa.

“João é um amigo meu, todo mundo sabe que eu votei nele, até isso criou uns problemas com os outros companheiros, mas eu tenho uma relação de amizade de muito tempo, então acho que é uma questão de diálogo para contornar isso. Ele está retornando à Câmara, vai fazer um bom trabalho, é um vereador muito ativo, já demonstrou isso em outras oportunidades. Com diálogo isso se resolve”, declarou.

Para ele, o PMDB deve sim estar satisfeito com as escolhas do prefeito para compor o secretariado. “Quem escolhe os secretários é o prefeito. Estamos satisfeitos com a indicação do ponto de vista de querer contribuir para que a administração dê certo. Entramos na campanha para criar alternativas para a cidade. Apoiamos pessoalmente no segundo turno a campanha do PT e a partir daquele momento assumimos o compromisso de ajudar a administração, para que ele inove e atenda as carências da cidade de João Pessoa e é preciso que haja uma junção de esforços para dar alternativas para trazer o investimento para a cidade”, concluiu.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.