Economia & Negócios

Banco do Nordeste lança cartão de crédito com limite de até R$ 100 mil

Clientes do Infinite têm acesso às salas VIPs dos principais aeroportos do mundos. Os pontos do Programa Nordeste Mais têm validade pelo dobro do tempo dos demais cartões


26/05/2022

Portal WSCOM



O Banco do Nordeste lançou o novo cartão de crédito Infinite com pacote de benefícios para pessoa física. O novo produto traz a bandeira Visa e oferece como vantagens o limite de crédito exclusivo de até R$ 100 mil, fator de conversão de pontos no Programa Nordeste Mais de dois pontos para cada dólar gasto e acesso às salas VIPs dos principais aeroportos do mundo. Além disso, o prazo de validade dos pontos acumulados no programa de fidelidade é de 48 meses, o dobro dos demais cartões da família BNB (Classic, Gold e Platinum).

Outra vantagem do cartão é a possibilidade do cliente zerar o valor da anuidade de manutenção. Caso o cliente consuma mais de R$ 8 mil por mês, não é necessário pagar a tarifa. Caso a utilização mensal seja acima de R$ 4 mil, o cliente paga apenas 50% da anuidade. Ou seja, somente R$ 41,50 por mês, após a aplicação do desconto.

O lançamento do novo cartão acompanha um movimento de expansão nessa modalidade de pagamentos. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), em 2021, houve um aumento
de 40,6% nas transações com cartões de crédito. Foram mais de 4 bilhões de transações a mais que no ano anterior. Ao todo, os cartões de crédito movimentaram cerca de R$ 490,5 bilhões no país. Para 2022, ainda segundo a Abecs, as concessões de crédito nos cartões deverão permanecer em patamares elevados, favorecidas pelos baixos índices de inadimplência e pela própria recuperação econômica, com melhora nos indicadores do mercado de trabalho.

O superintendente de Empréstimos, Transações e Serviços Bancários, Alison Ramon Santos e Silva, ressalta que não é preciso manter conta corrente no BNB para utilizar o produto. “Para solicitar o Infinite, o cliente só precisa estar dentro do público-alvo do cartão e observar as condicionantes para a contratação, tais como cadastro ativo, renda comprovada e limite de crédito. Os clientes também poderão ter acesso ao portfólio de produtos do Banco, como seguros e empréstimos consignados”, ressalta.

Uso de cartões cresceu mais no Nordeste

Um estudo do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), que utilizou dados da Abecs, identificou que o crescimento no uso de cartões de crédito, débito e pré-pagos, em 2021, foi maior no Nordeste que no Brasil. Na Região, as compras com cartão cresceram 33,5% de 2020 para 2021 com a movimentação de recursos passando de R$ 245,7 bilhões para R$ 328 bilhões. Em todo o Brasil, a alta foi de 33,1%. As operações no País somaram R$ 2,65 trilhões.

Segundo o Etene, as compras realizadas por meio do sistema já vinham se expandindo e intensificaram-se no ano de 2021. Foram estimuladas, em grande parte, pela digitalização das transações na economia e pela recuperação do consumo de bens e serviços no país, a partir do arrefecimento da crise sanitária.

O valor transacionado via cartões, em 2021, representou cerca de 50% do consumo das famílias no ano. Ou seja, os cartões movimentaram, pela primeira vez, mais da metade dos gastos comerciais das famílias brasileiras. Para 2022,
a projeção é de que este percentual alcance 60%.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.