Futebol

Autuori diz que ‘não vai conviver’ com salários atrasados no Vasco

Dinheiro

02/04/2013




{arquivo}Depois do diretor executivo de futebol René Simões admitir que quase perdeu o técnico Paulo Autuori porque não tinha condições de garantir o pagamento de salários em dia para funcionários e jogadores, o treinador disse nesta segunda-feira em São Januário que não vai trabalhar num clube que atrasa frequentemente os vencimentos de seus empregados. Sem dar um prazo para a solução do problema – René espera que em julho o clube já tenha condições de pagar em dia -, o treinador reforçou a confiança na palavra da diretoria vascaína. Mas deixou claro que espera uma solução em breve para trabalhar em paz no Vasco.

– Não vou conviver com isso (salários atrasados). Isso vai acabar no Vasco. Não aceitei vir para o Vasco para o clube continuar nessa situação que estava. Quando cheguei disse que vinha porque gostaria de trabalhar com gente do futebol. Com o Roberto (presidente), com o Ricardo, com o René, e outras pessoas sérias fora do futebol, o clube tem credibilidade para sair dessa condição – aposta o técnico do clube.

Autuori disse que o Vasco precisa de recuperação dentro de campo e na sua estrutura e organização fora do campo. O técnico também disse que a atual diretoria precisa ter responsabilidade para não criar um "ciclo vicioso" de contratações caras que o clube não teria condições de arcar mais à frente. E dividiu a culpa pelas dívidas milionárias dos clubes com as cobranças da torcida e da imprensa.

– Não podemos usar uma desculpa de "ah, mas o outro clube também não paga salário". Temos que parar com isso. Muita gente faz coisas certas, enxugando orçamento, mas aí vem resultado ruim, derrotas e vocês da imprensa e a torcida começam a pedir jogador, contratações. E aí isso vira uma bola de neve. Tem que ter ter coragem para chegar e dizer que não é possível continuar assim. Senão arrebenta a instituição. Vou ser muito exigente nessa questão (de salários em dia). Quero ver não só o futebol, mas o clube como um todo nadando em saúde – diz o treinador.

Banner Portugal

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.