Paraíba

Associação da Paraíba lança campanha para poder cultivar maconha com fins medicinais depois de justiça suspender autorização


03/03/2021

Portal WSCOM



A Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace) lançou uma campanha com a hashtag #abracenãopodeparar após o desembargador federal Cid Marconi, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), determinar a suspensão da liminar que permitia que a Associação cultivasse maconha com fins medicinais.

A Anvisa pediu na Justiça que a Abrace perca o direito de plantar, colher, manusear e produzir produtos a base de canabidiol. A Associação tem sede em João Pessoa e  atende famílias de todo o Brasil.

A Cannabis é utilizada no tratamento de doenças como Epilepsia, Mal de Parkinson, dor crônica, entre outras. Ela também apresenta grandes resultados para o autismo, dando melhor controle da condição.

As famílias ganham condição melhor para viver após passar por diversos medicamentos que não apresentam resultados satisfatórios. A Abrace é a única associação com autorização judicial para distribuição dos produtos à base de Cannabis para seus associados e estas pessoas agora correm o risco de perder este direito a uma vida digna.

Estima-se que no Brasil cerca de 13 milhões de pessoas poderiam se beneficiar do tratamento com Cannabis.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você