Paraíba

Assentamentos rurais da Paraíba recebem Telecentros com banda larga

Tecnologia


04/03/2013

 Acessar a internet pode ser algo bastante comum para algumas pessoas, porém, em algumas localidades essa realizada simplesmente não existe. Para envolver ainda mais pessoas no uso da internet, mais de vinte assentamentos na Paraíba estão prestes a receber tecnologia de ponta: telecentros com banda larga (wi-fi) e linhas de Voip para fazer ligações telefônicas sem custo.

A inclusão digital dessas localidades é uma das linhas principais de atuação da Associação Nacional para Inclusão Digital (Anid), que participou de uma reunião com os representantes dos assentamentos e lideranças da Comissão Pastoral da Terra (CPT). Na ocasião, os trabalhadores rurais expuseram seus principais problemas, dificuldades e lutas e também mostraram suas conquistas mais recentes. Uma das maiores dificuldades diz respeito ao acesso às tecnologias, pois em algumas comunidades sequer existe telefonia fixa ou móvel.

O presidente da Anid, Percival Henriques, ouviu os relatos e falou da proposta da Anid, voltada para o fortalecimento da inclusão digital nas comunidades rurais. A partir do projeto de Letramento Digital, cada comunidade receberá internet – sem custos – nos telecentros já existentes e nos que serão construídos com ajuda da Associação. Os locais também serão dotados de um terminal de VOIP – tecnologia que permitirá efetuar ligações telefônicas a partir de protocolos de internet – para facilitar a comunicação entre os assentamentos.

Os assentamentos contemplados com o projeto são:

Nova Conquista (São Jose dos Ramos)
Novo Horizonte (Juarez Távora)
Nossa Senhora Aparecida (Itabaiana)
Salomão (Itabaiana)
Novo Salvador (Jacaraú)
Boa Esperança (Jacaraú)
Jardim (Curral de Cima)
Padre Gino (Sapé)
Capim de Cheiro (Caaporã)
Padre João Maria (Mogeiro)
Dom Marcelo (Mogeiro)
Almir Muniz (Mogeiro)
João Gomes (Alhandra)
Gurugi II (Conde)
Frei Anastácio (Conde)
Dona Antonia (Conde)
Barra de Gramame (Conde)
Dona Helena (Cruz do Espirito Santo)
Santa Emília (Pedras de Fogo)

Nos próximos dias, a Anid vai fazer visitas nessas localidades para elaborar um calendário de implantação deste projeto. Haverá também pontos de Wi-Fi nas proximidades das sedes dos assentamentos e parceria com instituições de ensino, para a capacitação dos assentados, de modo a promover uma correta utilização da internet, como forma de democratizar a informação e socializar o conhecimento.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.