Política

Após reduzir ICMS, Azevêdo ressalta perda de recursos que seriam investidos em Saúde e Educação, enquanto “lucros de acionistas da Petrobras seguirão intactos”


02/07/2022

João Azevêdo. Foto: (Ângelo Medeiros/WSCOM)

Da redação/ Portal WSCOM



Após assinar o decreto que reduz o ICMS dos combustíveis na Paraíba, o governador João Azevêdo (PSB) destacou a perda de recursos ao Estado devido à queda na arrecadação. A Paraíba se adequou à norma aprovada no Congresso Nacional.

 

João lembrou que “enquanto os estados terão que arcar, já esse ano, com uma perda enorme em recursos que seriam investidos em Educação, Saúde, entre várias outras áreas, inclusive do combate à fome, os lucros e dividendos de acionistas da Petrobras seguirão intactos”.

 

Mesmo com a diminuição nos impostos, os preços dos combustíveis permanecem em patamar alto devido à política de preços da Petrobras, lembrou o gestor.

 

“E mesmo com essa redução os combustíveis seguirão num patamar de preços elevados, provando, mais uma vez, que não é o ICMS que tem levado aos absurdos aumentos no preço da gasolina”, disse.

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.