Esporte

Após lesão, Matheus Cunha vê crescimento com Simeone antes de retorno à Seleção


13/05/2022

Brasil x Peru pelas Eliminatórias da Copa na Arena Pernambuco. Matheus Cunha Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

ge

Matheus Cunha perdeu a convocação da seleção brasileira em março devido a uma lesão no joelho, sofrida em fevereiro. Após dois meses de recuperação, o atacante do Atlético de Madrid voltou a jogar em abril, recuperou rapidamente a forma e apareceu logo de cara no chamado seguinte de Tite.

A confiança do técnico da Seleção no atacante paraibano seguiu intacta. E Matheus Cunha, na reta final de sua primeira temporada no Atlético de Madrid, se vê pronto para retribui-la. Neste ano inicial na Espanha, o brasileiro jogou pouco como titular, mas contribuiu com oito gols e seis assistências em 35 partidas.

Cunha acredita que evoluiu nesta primeira temporada sob o comando de Simeone. O técnico argentino, de estilo muito bem definido, é visto como peça importante no crescimento do atacante brasileiro.

– É um grande treinador e gestor de grupo. Os treinos são sempre no mais alto nível em termos de qualidade e intensidade. Consegue passar muito claramente aquilo que quer da equipe em campo. Procura sempre conversar e nos mostrar o melhor caminho.

Tenho tido uma temporada de muita evolução, e devo isso ao trabalho da comissão técnica. Um cara enorme na profissão e também como ser humano. É um grande prazer trabalhar com ele – disse Matheus Cunha, em entrevista ao ge.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.