Política

Após judicialização, presidente da CCJ aponta ‘atropelos’ na Reforma da Previdência e garante trâmite normal após audiência pública

12/12/2019


Da Redação
Portal WSCOM

A deputada estadual Pollyana Dutra (PSB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), afirmou nesta quinta-feira (12) que ‘atropelos’ na tramitação da Reforma da Previdência para os servidores estaduais levaram à judicialização do caso.

A aprovação da urgência urgentíssima para votação da matéria foi derrubada pelo Poder Judiciário, que acatou mandado de segurança do líder da oposição, Raniery Paulino (MDB).

Leia mais: TJPB determina suspensão da votação do projeto de reforma da previdência estadual, pela ALPB

Pollyana afirmou que, a partir da audiência pública que será realizada na próxima segunda-feira (12), a tramitação volta ao normal. “O projeto tem que seguir o rito da Casa, se a gente atropela acontece isso”, disse.

“O mínimo que a CCJ poderia fazer nesse momento é dar ampla publicidade ao tema. É prerrogativa da Comissão chamar entes para falar sobre o Projeto de Lei, de uma amplitude dessa, que vai atingir milhares de pessoas, tem que ser melhor discutido”, declarou.

Veja: