Política

Após confirmar pré-candidatura, Cícero fala de busca por apoio e comenta possibilidade de aliança com João Azevêdo

09/07/2020


Na imagem Cícero Lucena

Portal WSCOM

 Após confirmar sua pré-candidatura à Prefeitura de João Pessoa, Cícero Lucena (PP) comentou em entrevista, nesta quinta-feira (9), as soluções que pretende construir para a recuperação econômica da cidade, após essa pandemia. Cícero afirmou que o ponto de partida é identificar os problemas e reunir os diversos níveis de governo na solução.

“É preciso chamar empresas para a cidade, criando oportunidades de emprego, desde o estágio. O contato e a oferta às empresas precisa ser feito pelo prefeito. O nosso potencial turístico é também fundamental para esse momento de volta à produção”, comentou.

Questionado sobre adversários que se apresentam como pré-candidatos, ele afirmou que o eleitor vai ter a capacidade de refletir sobre cada um. “Eu prefiro discutir a cidade de João Pessoa. Vou ouvir o cidadão para chegar às soluções que todos necessitam”, enfatizou.

Cícero falou ainda sobre sua pré-candidatura e a volta à vida política. “Estou voltando à vida pública, porque nunca deixei a política. Fizemos a opção naquele momento, junto com minha família, por se afastar. Agora, podemos voltar. Sempre com o propósito de fazer o bem ao próximo, fazer pessoas felizes e ouvi muito nesse tempo, e decidi voltar”, comentou.

O pré-candidato afirmou, quando perguntado sobre alianças, que o anúncio do sim foi o primeiro passo. Agora, começa o segundo, que é a construção do projeto que vai nortear as possíveis alianças partidárias e apoios individuais. “Quem seguir o bem de João Pessoa será bem vindo ao projeto”, declarou.

  Cícero foi questionado sobre receber apoio do governador  João Azevêdo e em contrapartida ‘amarrar’ apoio numa disputa de reeleição de João. O progressista afirmou o momento é diferente, pois, o projeto em construção é para a cidade de João Pessoa: “Os projetos favoráveis serão julgados no tempo devido. O momento é de identificar os problemas e elaborar os projetos”.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.