menu

Política

21/10/2019


Após assumir liderança do PSL, Eduardo Bolsonaro destitui Julian Lemos

 O novo líder do PSL na Câmara Federal, Eduardo Bolsonaro, destituiu todos os 12 vice-líderes da legenda. Dentre eles está o paraibano Julian Lemos, que trocou ‘farpas’ publicamente com o filho do presidente Jair Bolsonaro nos últimos dias.

Leia mais: Após ataque de Eduardo Bolsonaro, Julian Lemos diz que já aguentou muita ‘molecagem’ e não será ‘humilhado’

 Os outros vice-líderes que perderam o cargo foram: Felício Laterça (PSL-RJ); Nicoletti (PSL-RR); Daniel Silveira (PSL-RJ); Heitor Freire (PSL-CE); Júnior Bozzella (PSL-SP); Coronel Tadeu (PSL-SP); Nelson Barbudo (PSL-MT); Charlles Evangelista (PSL-MG); Professora Dayane Pimentel (PSL-BA); Nereu Crispim (PSL-RS) e Joice Hasselmann (PSL-SP).

 A ação de Eduardo ocorre em meio à disputa pelo comando da sigla na Câmara. Já foram apresentadas seis listas em apoio ao filho de Bolsonaro e ao delegado Waldir. 

 Mesmo com a ascensão de Eduardo, ainda há duas listas na lista de conferência do partido, e a situação pode mudar em breve.  Os concorrentes precisam de 27 assinaturas para assumir a liderança.

_

Por Redação / Portal WSCOM