Saúde

Anvisa suspende emagrecedores e lotes de remédio antidepressivo

08/01/2013




 A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nesta segunda-feira (7), no Diário Oficial da União, uma lista de fabricantes de produtos voltados para o emagrecimento, tratamento da pele e dos cabelos, além de medicamento antidepressivo, que devem interromper imediatamente a fabricação e comercialização dos itens. A medida ocorre após a detecção de irregularidades nos produtos.

Foram suspensos ou receberam a notificação de interdição cautelar determinados fabricantes de chás ou óleos emagrecedores que utilizam extratos vegetais de caralluma, sene, pholiamagra, sucupira, entre outros. Algumas empresas que produzem máscaras seladoras para cabelos e de sabonete íntimo também foram afetadas.

Além disso, 31 lotes do medicamento antidepressivo Tofranil, 25 mg, da companhia Novartis Biociências, estão impedidos de ser comercializados, já que foram encontrados itens que eram oferecidos com prazo de validade maior ao recomendado pela Anvisa.

Nos casos de interdição cautelar, medida válida por 90 dias após a publicação no Diário Oficial, a empresa terá que apresentar contraprovas nas amostras dos lotes citados. Já nos casos de suspensão, a empresa fica proibida de comercializar os produtos até que seja feita a regularização deles junto à agência.

Ainda de acordo com a agência, pessoas que adquiriram algum dos lotes ou produtos suspensos ou interditados devem interromper imediatamente o uso. Confira a lista.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.