Música

Ano Cultural 2013 homenageia Cátia de França e Elba Ramalho

Ano cultural


01/05/2013



A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), lança, nesta quinta-feira (2), o Ano Cultural 2013 que vai homenagear as cantoras paraibanas Cátia de França e Elba Ramalho. A solenidade será às 9h30 no auditório da Estação Cabo Branco Ciência, Cultura e Artes, no bairro do Altiplano.

O prefeito Luciano Cartaxo destacou a importância da realização do Ano Cultural para a formação educacional dos estudantes e o trabalho das duas homenageadas. “São duas mulheres paraibanas de alta produção cultural na área da música que vão proporcionar aos estudantes da rede municipal a oportunidade de ter um conhecimento mais de perto das obras de Elba Ramalho e Cátia de França”, disse.

Na abertura, acontecerá apresentação musical da Banda PB Baile, formada por professores da Coordenação de Bandas, Música e Dança da Sedec que vão interpretar músicas do repertório das homenageadas.

“A homenagem do Ano Cultural com Cátia de França e Elba Ramalho representa a idéia da mulher guerreira, da mulher que vence, de uma mulher que luta, que pulsa pela raiz do problema da nossa região nordeste tão sofrida”, disse o Secretário de Educação e Cultura, Luíz de Sousa Junior.

Durante todo o ano letivo os alunos vão focar na leitura e produção textual dos projetos interdisciplinares desenvolvidos nas escolas e Centros de Referência de Educação Infantil (Creis), e as mostras de música e dança inspiradas nas obras de Cátia de França e Elba Ramalho.

Cátia de França – Nascida em João Pessoa, desde menina aprendeu a dominar instrumentos como o piano, a sanfona e o violão. Foi professora de música por algum tempo, até começar a compor. No final da década de 1970, já no Rio de Janeiro, contatou outros músicos nordestinos, como Zé Ramalho, Elba Ramalho, Amelinha e Sivuca, e começou a despontar no cenário nacional com seu primeiro disco.

Elba Ramalho – Nascida em Conceição, Sertão paraibano, a atriz e cantora Elba Ramalho se familiarizou cedo com os mais diversos ritmos da região. Nos anos 70, ela saiu da Paraíba para o Sudeste, onde solidificou a carreira com sua voz e seu estilo inconfundível. A artista consegue estar em destaque no cenário artístico nacional há mais de 30 anos, sem perder o vigor e a energia.

Ano Cultural – Essa é a sétima edição do projeto, que teve início no ano de 2007 com o objetivo de homenagear personalidades paraibanas que se destacam no cenário cultural brasileiro. O projeto já homenageou Ariano Suassuna (2007), José Lins do Rego (2008), Sérgio de Castro Pinto (2009), Zé Ramalho (2010), Políbio Alves (2011) e Hebert Vianna (2012).



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //