Paraíba

Advogado condena antecipação de informação de que corpo pertenceria a Tiago Fontes


13/11/2023

Da Redação / Portal WSCOM

O advogado Marcos Alânio, responsável pela defesa de Tiago Pontes no caso que investiga o desaparecimento da menina Ana Sophia, no Distrito de Roma, em Bananeiras lamentou na noite desta segunda-feira a forma como foi noticiada pela imprensa paraibana que o corpo encontrado em uma zona de mata do município do Brejo paraibano é pertencente ao seu cliente. Durtante entrevista concedida à Rádio Arapuan, o advogado criticou a imprensa e disse que lamentava a maneira como a família do principal suspeito do desaparecimento da menina tomou conhecimento da informação antes mesmo que qualquer dado seja divulgado pela polícia.  

Marcos Alânio disse ainda ter esperança de que o seu cliente está vivo e que aparecerá para responder as acusações conforme lhe permite a Justiça. O advogado “Ainda tenho uma expectativa que ele esteja em algum lugar e com vida”, afirmou o advogado. 

O defensor concluiu cobrando a importância de se ter a causa morte, pois caso trate-se de Tiago é importante entender o que teria levado a sua morte, se foi um novo crime ou se foi um suicídio.  

O delegado Luciano Soares também falou durante o programa sobre o empenho das forças de segurança para identificar a identidade do corpo, a causa da morte da pessoa encontrada e resolver todo o caso Ana Sophia na totalidade. Conforme o delegado, muitas informações das quais a polícia dispões correm em segredo de Justiça e por isso não podem ser reveladas antes da autorização da autoridade judicial competente.  



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //