Cinema

19º Fest Aruanda abre inscrições para 2024 e tem 15 mil para o melhor curta

Para nova edição, o Fest Aruanda contará com o Prêmio Canal Brasil de Curtas no valor de R$ 15 mil reais para o Melhor Curta do festival.


21/04/2024

Portal WSCOM



As inscrições para o Fest Aruanda – Ano 19, agendado para o período de 28 de novembro a 04 de dezembro serão abertas nesta segunda-feira, 22 de abril. O mais antigo festival paraibano será realizado mais uma vez na rede Cinépolis (Manaíra Shopping), com patrocínio master do Grupo Energisa, Copatrocínio da Cagepa, PBGás e do Armazém Paraíba, via Lei de Incentivo Fiscal do Governo Federal (Ministério da Cultura/SAV). A chancela é da Reitoria e do CCHLA-UFPB através da Bolandeir@rte&Films, produtora do evento.

 

Para nova edição, o Fest Aruanda contará com o Prêmio Canal Brasil de Curtas no valor de R$ 15 mil reais para o Melhor Curta do festival.

 

O Prêmio Canal Brasil de Curtas tem como objetivo estimular a nova geração de cineastas, contemplando os vencedores na categoria curta-metragem.

 

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas diretamente através do link da página oficial do festival (https://www.festaruanda.com.br/inscricao) até as 23h59 do dia 22 de junho.

 

Os realizadores podem se inscrever nas categorias:

 

•       Longas-Metragens Nacionais

•       Curtas-Metragens Nacionais

•       Sob o Céu Nordestino (Curtas Paraibanos e

 Longas-metragens da região)

 

O regulamento ainda contempla mais duas opções de inscrição: TV Universitária (nacional), nas categorias: documentário, programa de TV, interprograma e reportagem e Caleidoscópios Digitais. Já inscrições para Videoclipe e TCC (em formato audiovisual) contemplam exclusivamente as produções paraibanas.

        

O Comitê de Seleção de curtas-metragens Nacional é formado pelos jornalistas e críticos de cinema, Amilton Pinheiro (SP) e Rodrigo Fonseca (RJ), e a roteirista e crítica Vivi Pistache (BH).

 

Segundo Rodrigo Fonseca, “o Aruanda é um canteiro de descobertas na triagem por vozes autorais. A maior potência de uma seleção de curtas como a do festival paraibano é a chance de descobrimos os primeiros ecos dessas vozes, ainda no seu nascedouro, ou acolher vozes já veteranas em processos de experimentação”.

 

Vivi Pistache, nova integrante do Comitê de Seleção, é roteirista e crítica de cinema com passagem pelo departamento de desenvolvimento de roteiros da O2 Filmes e TV Globo. Doutoranda em Psicologia e Cinema pela USP. Graduada em Psicologia pela UFMG. Formada em Roteiro e Direção pela Academia Internacional de Cinema de São Paulo AIC/SP, para ela “é uma honra incrível ser merecedora da confiança do Festival que já tem sua maioridade. Muito feliz em fazer parte desse time.

 

Amilton Pinheiro, “Assim como acontece todos os anos, o Comitê de Seleção de Curtas Nacional aguarda com muitas expectativas os trabalhos dos realizadores, ainda mais agora com a entrada da Vivi Pistache que vem somar aos nossos olhares, o meu e de Rodrigo Fonseca. Acredito que teremos uma safra ainda melhor do que a do ano passado, com múltiplas maneiras de narrar uma obra cinematográfica e dar conta da imensidão de tantas histórias desse Brasil brasis



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //