menu

Futebol

31/01/2013


Sport vence Fortaleza e assume liderança

COPA NORDESTE

 O Sport não teve dificuldades, mesmo com algumas jogadas de perigo adversárias, para vencer o Fortaleza, na Ilha do Retiro, nesta quarta-feira, pelo Grupo B da Copa do Nordeste. Com o placar de 3 a 0, o time pernambucano atropelou o Tricolor do Pici em campo e jogou boa parte dos 90 minutos com facilidade.

Hugo, Marcos Aurélio e Felipe Azevedo garantiram a liderança da chave para o Leão da Ilha. Enquanto isso, o Fortaleza estacionou na 3ª posição, com quatro pontos, e precisará ganhar fora de casa, na próxima rodada, para sonhar com boas chances de classificação para as quartas-de-final.

Na próxima rodada, o Sport vai encarar o Confiança, fora de casa, em Aracaju, no próximo domingo, às 16 horas. O Fortaleza também joga fora de casa, contra o Sousa, nos mesmos dias e horários, no Estádio Marizão, interior da Paraíba.

Nos primeiros momentos, o Fortaleza bem que tentou demonstrar alguma ofensividade. Mas a única conclusão do time terminou em um passe mal-feito de Jaílson. Depois disso, o Sport resolveu tomar as ações do jogo e cm cinco minutos já vencia por 1 a 0. Em cobrança de escanteio de Cicinho, Hugo subiu mais do que toda a zaga cearense e testou para as redes.

O Fortaleza foi recuando cada vez mais e perdendo espaço no meio-campo. Com isso, o ataque do Sport avançou mais e perdeu chances seguidas. Primeiro com Felipe Azevedo, que avançou pela direita, mas errou o passe. Depois, com Roger, que finalizou sem força.

Aos 12 minutos, Cicinho arriscou um chutaço, mas João Carlos espalmou e afastou a bola da área. O segundo gol do Sport chegou aos 24, em um golaço de Marcos Aurélio, que acertou uma bomba de fora da área, após o escanteio batido por Cicinho.

Com o placar de 2 a 0, a equipe pernambucana cresceu mais ainda em campo e o Tricolor do Pici não se encontrava em campo, principalmente na armação das jogadas. Tanto que, aos 35 minutos, Felipe Azevedo achou Marcos Aurélio sem marcação. O atacante invadiu a área leonina, mas acabou finalizando muito fraco. João Carlos defendeu com facilidade.

Reação?
Um minuto depois do gol perdido por Marcos Aurélio, o Fortaleza criou sua primeira chance real de gol. Assisinho lançou Rafinha, pela direita, dentro da área do Sport. O lateral mandou uma bomba, que Magrão salvou.

Aos 41 minutos, novo ataque articulado do Tricolor do Pici. Jaílson invadiu a área e chutou cruzado. Magrão espalmou e Leandro perdeu chance de diminuir. O camisa 10 chegou a pedir pênalti na jogada, mas o árbitro mandou o jogo seguir. Aos 43, Cicinho ainda perdeu nova oportunidade de ampliar o marcador.

Maior equilíbrio
Até os cinco minutos, os times disputaram bem a bola no meio-campo e criaram algumas oportunidades, sem muito perigo. Até que, aos cinco minutos, o Fortaleza começou a dar indícios de que buscaria a reação em campo. Leandro cruzou bola para Jaílson. O atacante desviou de cabea e quase marca o primeiro gol tricolor.

Dois minutos depois, Cicinho voltou a lançar Marcos Aurélio. Desta feita, entre os zagueiros tricolores. O atacante invadiu a área e mandou chutaço. João Carlos buscou a bola com firmeza. Cicinho voltou a importunar a defesa leonina, aos 12 minutos, quando cobrou escanteio e a bola foi parar na cabeça de Hugo, que mandou para fora, perdendo gol feito.

Com 20 minutos, o Fortaleza subiu com perigo de novo ao ataque. Assisinho fez linda jogada pela direita, driblou dois jogadores adversários e chutou para o gol. A bola passou raspando a trave de Magrão.

Após esse lance, apesar de mais algumas investidas do Fortaleza, o Sport voltou a crescer em campo. E perdeu gols feitos, como aos 37 minutos, quando Marcos Aurélio saiu na frente do goleiro e errou a finalização.

Mas aos 40 minutos, não teve jeito. Felipe Azevedo arriscou chute após fazer um drible de corpo em Guto e ampliou para 3 a 0 para o Sport. Hugo ainda perdeu o quarto gol, de frente para João Carlos. Mas foi apenas questão de administrar o palcar e garantir a vitória sem dificuldades.