Esporte

Raí banca Diniz após queda do São Paulo na Libertadores e vê chances de título na temporada

São Paulo foi eliminado na fase de grupos da Conmebol Libertadores 2020 após derrota para o River Plate

01/10/2020


Na imagem Fernando Diniz

ESPN

Após o São Paulo ser eliminado na fase de grupos da Conmebol Libertadores 2020 pelo River Plate, Raí, diretor executivo de futebol, bancou a permanência do técnico Fernando Diniz no cargo.

“Sim, com a comissão técnica, com o Diniz (segue). A gente sabe que tem muito trabalho, muita seriedade, muito conteúdo, mas a gente tem que melhorar. Tivemos duas competições nesta temporada, completamente atípica com a pandemia. Tivemos duas competições (Paulista e Libertadores) e estamos fora”, disse Raí.

Apesar de lamentar a derrota, Raí acredita na evolução do trabalho da comissão técnica.

“Não foi só uma derrota, foi uma desclassificação que dói bastante na gente. É amarga. Tem que saber que quando não se consegue um objetivo tem erros, a gente tem que rever. Mas também tem trabalho, muita coisa importante que foi feita até agora e que a gente acredita que pode evoluir. Mas é um momento de tristeza, reflexão, avaliação, mas seguimos com o trabalho. Sabemos que tem muito trabalho até aqui. Têm coisas boas, mas que não foram suficientes e a gente tem que melhora”, garantiu.

O dirigente também falou sobre a falta de títulos as constantes eliminações na Libertadores. Ano passado. O São Paulo caiu para o Talleers antes da fase de grupos. Terceiro colocado no Grupo D da competição, o São Paulo irá disputar a Copa Sul-Americana.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.