Policial

Proprietários presos: operação flagra desvio de energia em estabelecimentos no Bessa, Tambaú e Manaíra

12/02/2020


Portal WSCOM

 Nesta quarta-feira (12), a Polícia Civil, Instituto de Polícia Cientifica (IPC) e a Energisa realizaram uma operação de combate ao furto de energia nos bairros de Tambaú, Manaíra e Bessa, em João Pessoa. Durante a ação, foram flagradas irregularidades e desvio de energia, os famosos ‘gatos’, em pousadas, lanchonetes entre outros pontos comerciais.

 Até o momento, foram realizadas 151 inspeções e 11 estabelecimentos foram flagrados com irregularidades. Dois proprietários foram presos em flagrante por furto de energia e encaminhados para delegacia. A ação continua durante todo o dia.

Agora, após constatado o furto, a Energisa vai levantar quanto de energia foi desviada e por quanto tempo. Conforme previsto no Código Penal, art. 155, o furto de energia é crime e o responsável pode ser condenado a até oito anos de reclusão e multa. “O furto de energia ocasiona prejuízos não só para a concessionária, mas principalmente ao consumidor que está em dia com o pagamento de suas contas, pois parte do prejuízo suportado é repassado aos seus consumidores, conforme indicado pelo órgão regulador, a Aneel”, afirma Felipe Costa, gerente de serviços comerciais da Energisa.

Além do crime, o Governo do Estado deixa de arrecadar mais de R$ 35 milhões por ano e a população perde com isso, uma vez que os valores poderiam ser revertidos em infraestrutura básica, como saúde e educação.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.