menu

Paraíba

12/04/2013


Margareth perde 5 auxiliares em 4 meses

CRISE NA UFPB

Embora tratado sem comentários abertos na Reitoria, o fato é que a Reitora da Universidade Federal da Paraiba, professora Margareth Diniz, tem convivido com a substituição de diversos auxiliares de Primeiro Escalão. Um dos ex-apoiadores da então candidata disse que não aguentou a forma de tratamento por considerá-la autoritária.

De acordo com fontes da UFPB, já se afastaram dos cargos a Pro-Reitora de Administração, Rosa Gondim, o Adjunto Clivado Araujo, Pro-Reitor de Gestão de Pessoas, Chico Ramalho, o Assessor de Gabinete Rosimar Silva. O prefeito da Cidade Universitária, Francisco de Assis, também já se afastou do cargo entrando no seu lugar entrando Sérgio Alonso.

Nos bastidores, sem confirmação ainda, fala-se que o Pro-Reitor Luiz Renato está na lista dos que devem deixar a gestão da atual reitora.

– O clima é o pior possível, tanto que os detalhes vão ser conhecidos logo, logo – disse a fonte assegurando que em reunião esquentada, dias atrás, Rosimar e Chico Ramalho quase se agridem fisicamente.