Saúde

Marcelo Queiroga deve ser convocado pela 3ª vez a depor na CPI para explicar suspensão de vacina em adolescentes


20/09/2021

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.(Foto: Sérgio Lima/Poder360 )

Portal WSCOM com G1



O paraibano Marcelo Queiroga, ministro da Saúde do Governo Bolsonaro, deve ser algo de uma terceira convocação para depor na CPI da Covid, no Senado Federal. Segundo ojornalista Gerson Camarotti, o chamamento ganhou força durante reunião virtual do grupo majoritário da CPI nesse domingo (19).

Os senadores querem explicações sobre a orientação do Ministério da Saúde de suspender a vacinação em adolescentes sem comorbidades. Os senadores querem apurar se houve influência ideológica, em especial por parte do presidente Jair Bolsonaro, na recomendação da pasta chefiada por Queiroga.

Na semana passada, o ministro disse que a orientação de suspender a vacinação em adolescentes sem comorbidades foi tomada porque 1,5 mil apresentaram algum efeito adverso. Mais de 3,5 milhões de adolescentes foram vacinados.

O recuo do Ministério da Saúde contrariou orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e foi criticado pela comunidade científica. Na última sexta-feira (17), o Conselho Nacional de Saúde recomendou a manutenção da vacinação contra Covid-19 de todos os adolescentes de 12 a 17 anos.

O depoimento do ministro, que deve ocorrer na próxima semana, é visto como um desfecho para os trabalhos da CPI.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.