Futebol

Internacional vence América de Cali por 4 a 3

16/09/2020


Abel Hernández comemora após marcar para o Inter sobre o América de Cali EFE

ESPN.com.br

O Internacional viveu uma noite maluca e venceu o América de Cali-COL por 4 a 3, nesta quarta-feira, no Beira-Rio, pela 3ª rodada do grupo E da Conmebol Libertadores.

O time de Porto Alegre começou a partida “voando”, abrindo 2 a 0 com menos de 20 minutos, e fechou a etapa inicial ganhando por 3 a 1. No 2º tempo, porém, o clube da casa simplesmente teve uma “pane”, e viu o time colombiano ser guerreiro para buscar uma improvável igualdade à beira do Rio Guaíba.

Quando parecia que o confronto terminaria empatado, porém, Boschilia arriscou de fora da área nos minutos finais e contou com desvio fatal na zaga para bater o goleiro para dar a vitória ao Inter!

EMOCIONANTE!

Em campo, o Inter começou de forma fulmintante e abriu o placar logo em seu 1º ataque: Uendel cruzou da esquerda e Abel Hernández acertou forte cabeçada para abrir o placar.

O Colorado seguiu em cima e, por meio de uma pressão infernal, já ampliou aos 19, em uma linda jogada coletiva do trio de frente.

Thiago Galhardo dominou lançamento e acionou Abel, que fez o pivô e ajeitou para Boschilia bater. Chaux pegou o 1º chute, mas, no rebote, o próprio Boschilia conferiu.

Aos 28, Sierra deu excelente enfiada para Vergara, que “matou” Lomba com um chutaço cruzado para diminuir.

A partida era lá e cá, e, apenas quatro minutos depois, Abel Hernández mostrou faro de artilheiro para fazer 3 a 1 para o Inter.

Gol do Inter! Lindoso manda na trave, Abel Hernández pega a sobra na área e faz mais um contra o América de CaliCamisa 34 estava bem colocado e fez o terceiro do Internacional no jogo
Na volta do intervalo, os colombianos partiram para cima e dimunuíram logo aos 4: o zagueiro Torres aproveitou rebote de chute no travessão e, sozinho, apenas escorou.

O tento animou os estrangeiros, que passaram a pressionar o Colorado e criar várias chances, fazendo Lomba trabalhar bastante.

Com isso, Eduardo Coudet resolveu mexer: sacou Nonato e Abel Hernández e colocou Johnny e Leandro Fernández.

Em linda cobrança de falta, Fernández por pouco não ampliou para o Inter aos 24, mas o goleiro Chaux fez grande defesa.

A equipe colombiana não desistiu, e acabou recompensada pela insistência quando Vergara lançou Moreno e o garoto deu leve toque por cima de Lomba para igualar.

Inacreditável!

Coudet, então, colocou em campo D’Alessandro no lugar de Lindoso, para tentar buscar a vitória que parecia tão certa.

E ela veio: aos 45 do 2º tempo, Boschilia arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e “matou” o goleiro.

Vitória do Internacional!



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.