menu

Policial

03/11/2019


Guerra de facções: Polícia prende suspeito de praticar homicídio na comunidade Laranjeiras

O crime foi filmado pelo próprio suspeito.

Imagem reprodução/Suspeitos filmaram o crime cometido na comunidade

Portal WSCOM

 

Após três dias de investigações, a Polícia Civil conseguiu prender o homem apontado como autor de um homicídio ocorrido na comunidade Laranjeiras, em João Pessoa, que tem sido alvo de uma guerra de facções. Danilo da Silva Araújo foi localizado e preso, na noite desse sábado (2), por equipes da Delegacia de Crimes Contra Pessoa (DCCPes). O trabalho teve o apoio da Polícia Militar. 
 

Segundo o delegado Carlos Othon, o preso é um dos autores da morte de José Augusto, mais conhecido por Augustinho, assassinado com 20 tiros, no dia 30 de outubro deste ano. O crime foi filmado  pelos próprios criminosos. 

 
“Danilo é um dos indivíduos que aparecem em imagens divulgadas nas redes sociais pelos próprios criminosos que estavam aterrorizando a referida comunidade, efetuando disparos em via pública, ameaçando moradores e se dizendo um dos novos líderes da criminalidade local”, afirmou o delegado.

 
Ainda de acordo com Carlos Othon, a prisão ocorreu após diligências ininterruptas e incursões nas Comunidades do Balcão (Mangabeira), Colibris e Laranjeiras (José Américo), e no bairro do Valentina, na Capital, além de um trabalho investigativo desenvolvido nos últimos dias.

 
No momento da prisão, o suspeito estava com uma pistola, munições e drogas. Durante as incursões, também foram apreendidas dezenas de porções de maconha, munições de revólver, celulares e outras provas.

 

Imagem reprodução/Secom-PB

 

“A arma apreendida aparece em fotografias postadas nas redes sociais pelos criminosos, durante comemorações logo após o homicídio”, destacou Othon. “A DCCPeas continuará investigando o fato no intuito de identificar todos os coautores e partícipes do crime e de apreender as demais armas de fogo utilizadas pelos criminosos”, completou.