Política

Ex-senador critica tentativa de Bolsonaro de colocar em dúvida a eficácia da vacina

22/01/2021


O ex-senador Maurício Leite. (Foto: Reprodução)

Da redação/Portal WSCOM



O ex-senador paraibano Maurício Brasilino Leite teceu duras críticas ao comportamento do presidente Jair Bolsonaro, que voltou a colocar em dúvida a eficácia das vacinas contra a covid-19 nesta sexta, 22, ao conversar com a imprensa na porta do Palácio da Alvorada. O assunto era a distribuição das duas milhões de doses do imunizante da Oxford/AstraZeneca aos Estados que deve começar no sábado, 23, caso o imunizante chegue hoje ao País da Índia, quando mais uma vez o Bolsonaro pôs em suspeita o efeito da vacina, mesmo após a análise da Agência nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O presidente declarou que a vacinação “tem que ser voluntária, afinal de contas não está nada comprovado cientificamente com essa vacina”, acrescentou, sem especificar se se referia à Coronavac ou à de Oxford e AstraZeneca.

“Peço que o pessoal leia, não é a bula, mas eu chamo de bula, os contratos com as empresas para tomar pé de onde chegaram às pesquisas e porque não se concluiu ainda dizendo que é uma vacina perfeitamente eficaz”, disse Bolsonaro.

Para o Maurício Leite a atitude do presidente, mesmo diante das comprovações científicas é uma “molecagem”, e afirmou que única esperança que resta a população é o trabalho da imprensa.

“Veja que vergonha, a Anvisa negou prioridade ao TRF, acertadamente. Agora esse Bolsonaro, miliciano que após um estelionato eleitoral, ainda hoje disse da negação daquilo que foi aprovado pela Anvisa, vem com mais uma molecagem, e querer furar a fila com uma categoria que vem dando cobertura aos seus crimes, adiando aqueles que envelheceram e tem a prioridade pois a vida é uma só. Como não temos liderança neste país, por mais criticada que se tenha, resta-nos a imprensa, vamos ver a sua força para prevalecer a justiça”, afirmou o ex-senador.

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você