Paraíba

Decreto de Cabedelo permitia abertura do Manaíra Shopping dia 12/6, mas direção pressionada por lojistas aguardou desdobramentos

Advogado expõe bastidores que comprovam possibilidade de abertura mais cedo, entretanto direção não impôs então direito

30/06/2020


Por Walter Santos

O advogado Pedro Pires, da defesa do Manaíra Shopping, reagiu com indignação à tentativa maldosa de setores da opinião pública de imputar indevidamente esperteza ao Manaira Shopping para voltar a funcionar na parte de Cabedelo neste dia 1 de julho porque, ao contrário, como constatou, o equipamento tinha autorização desde o dia 12 de junho, mesmo assim aguardou outras instâncias se manifestarem.

– Há uma questão do tipo cascata que estava em curso contra a direção do shopping porque um lojista se sentindo prejudicado por não poder abrir dia 13 de junho entrou com ação judicial- explicou.

Pedro Pires informou que todos os procedimentos adotados pelo shopping abriga respeito às leis, portanto, às regras e disso não se afastará.

– É preciso sem uma vez por todas admitir e respeitar a verdade de que o Manaira Shopping age sempre como um bem fomentador da economia e da vida humana da cidade, portanto com sua responsabilidade jamais deixaria de cumprir as regras e a lei – finalizou.

Banner Portugal

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.