Walter Santos

Multimídia e Analista Político.

Política

Enfim, como fica a sucessão presidencial no Nordeste, em particular na Paraíba? Tabuleiro ainda aguarda movimentos


18/07/2021

Lula e Bolsonaro polarizam a disputa presidencial

Ainda faltando muito tempo para a disputa presidencial de 2022 afetando as eleições nos Estados do Nordeste já é possível atestar melhor performance do ex-presidente Lula na conjuntura, segundo todas as pesquisas, diante do atual presidente Bolsonaro fragilizado tanto eleitoralmente quanto politicamente. A dados de hoje sequer tem definido o partido pelo qual disputará a sucessão.

Na prática, Bolsonaro insiste na velha tática manjada de reproduzir ameaças e até insistindo no voto impresso – condição que sofre forte resistência.

Afora a realidade levando Lula a ampliar o palanque com Centro – Direita, é também visível a insistência da pré-candidatura de Ciro Gomes de querer servir de tercius na disputa, mas sem empolgar.

Há movimentos de João Doria no PSDB e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, se insinuando pelo PSD, mas o fato é que nada tem mudado as projeções pró líder petista.

O CASO DA PARAÍBA

Pelos últimos movimentos, projeta-se uma composição ampla reunindo a Frente de Esquerda possivelmente sem o PDT – tudo em torno de uma possível aliança com Lula e o governador João Azevedo -, podendo até a possibilidade de atrair parte do Centro. Tudo isso frente à articulação do ex-prefeito Romero Rodrigues com os Cunha Lima, Patriota, PL de Wellington Roberto e Nilvan Ferreira de apoio a Bolsonaro.

O fato é que Azevêdo já obteve sinal verde do Cidadania em nível nacional.

Por fim, há que se aguardar os próximos passos do PDT e do PV (leia-se Luciano Cartaxo), em especial do ex-governador Ricardo Coutinho ressabiado com as articulações do PT e de Lula para conviver com o governador, razão que o faz construir ao que parece uma aliança com Ciro Gomes – este detratando Lula de forma já questionada.

Trocando em miúdos, é este tabuleiro que vamos conviver com o futuro político na Paraíba.


O Portal WSCOM não se responsabiliza pelo conteúdo opinativo publicado pelos seus colunistas e blogueiros.
Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.