menu

Política

17/10/2019


Câmara confirma Waldir como líder do PSL e impõe derrota a Bolsonaro

Foto: Reprodução

A Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Câmara confirmou que o Delegado Waldir (GO) continua líder do PSL. A lista com o nome dele foi a que continha mais assinaturas, sendo que das 31 apresentadas, 29 foram validadas.

Ainda de acordo com a secretaria, outras duas listas foram apresentadas, mas pedindo pelo nome de Eduardo Bolsonaro (SP), filho de Jair Bolsonaro, como líder. Uma lista com 27 assinaturas, mas só 26 registros passaram a valer. Outra com 27, no entanto, 24 forma oficializadas.

A confirmação da mesa-diretora reafirma a derrota da manobra feita pelo governo para tentar retirar o Delegado Waldir do cargo. A bancada do PSL tem 53 deputados e vive uma crise interna a partir de uma disputa com o próprio presidente Jair Bolsonaro. 

Waldir, que era o líder do partido desde o início do ano, foi retirado do cargo por alguns instantes na noite dessa quarta-feira, com ligações do próprio Bolsonaro para parlamentares para pedir a substituição dele por Eduardo Bolsonaro.

Áudios vazados pela revista Crusoé também nessa quarta mostram conversa dele com parlamentares para conseguir assinaturas: “Olha só, estamos com 26, falta uma assinatura para a gente tirar o líder e botar o outro”.

_

Brasil 247