menu

Paraíba

11/04/2013


Audiência sobre mobilidade urbana de JP

Paraíba

 Acontece nesta quinta-feira, 11, às 13h30, no plenário Ministro João Agripino do Tribunal de Contas, uma audiência pública para a avaliação e discussão das propostas sobre a mobilidade urbana da Capital paraibana, e região metropolitana. A iniciativa é do Tribunal e Contas, que através Auditoria Operacional, que estuda o tema e coleta subsídios para o seu trabalho. A AOP tem como relator o Conselheiro Arnóbio Alves Viana.

Foram convidados órgãos envolvidos direta, ou indiretamente, com a questão da mobilidade urbana de João Pessoa e da região metropolitana: DER; AETC-JP; FUNAD; SEMOB; e, ainda, representantes do Grupo Massa Crítica Parahyba de Ciclistas.na região metropolitana da Capital.

O conselheiro Arnóbio Viana considera a mobilidade um dos maiores desafios das cidades contemporâneas. De acordo com ele, diversos itens devem ser considerados para que se alcance o nível ideal de qualidade nos ambientes urbanos.

Algumas questões, segundo o conselheiro Arnóbio Viana, devem ser vistas de maneira prioritária, como a paralisia do trânsito, que leva ao desperdício de tempo, sem contar com os problemas ambientais de poluição atmosférica, que provoca.

No caso do trânsito, o conselheiro vislumbra, como solução para o problema, a melhoria do sistema de transportes coletivos, com a difusão de boas práticas. Ele cita, como exemplo, a implantação de sistemas sobre trilhos, como metrôs e trens, e sua integração a ciclovias.

Arnóbio Viana também disse que a mobilidade urbana exige calçadas confortáveis, niveladas, sem buracos, nem obstáculos, para que se facilite a locomoção das pessoas a pé ou em cadeiras de rodas.

O conselheiro Arnóbio Alves Viana ressaltou que a convocação da audiência pública segue um preceito do TCE-PB, através do qual invoca a participação do cidadão em assuntos do interesse e do cotidiano coletivo, em que a mobilidade urbana se contextualiza.