Saúde

Urologistas abordam saúde do homem no videocast da Unimed João Pessoa


03/11/2023

Portal WSCOM



 

Um alerta para identificação do câncer de próstata e os cuidados com a saúde do homem para prevenir essa e outras doenças foram os assuntos abordados no videocast “Sem Contraindicação” desta semana. O programa da Unimed João Pessoa teve como convidados os urologistas Jarques Lúcio e Thiago Costa.

Os médicos chamaram a atenção para que os homens busquem o urologista a partir dos 45 anos para uma avaliação geral da saúde e rastreamento dos fatores de risco do câncer de próstata. De acordo com o urologista e cirurgião Jarques Lúcio, nessa faixa etária é recomendável que o homem faça o exame de toque retal e o PSA (exame de sangue) juntos para detecção precoce do câncer de próstata. “O exame do toque é simples e consegue identificar alterações na próstata. O paciente e seu urologista vão traçar o seu cronograma [de exames e consultas], como ter um diagnóstico precoce e como promover a cura, que é o mais importante”, explicou.

Ainda sobre os cuidados preventivos, o urologista Thiago Costa, que também é presidente da Sociedade Brasileira de Urologia – Seccional Paraíba, lembrou que o câncer de próstata é uma doença que afeta os homens sobretudo na faixa etária dos 69 anos. No entanto, ele explicou que é preciso ficar atento aos fatores de risco que podem influenciar no aparecimento da doença antes dessa fase da vida. “O principal fator de risco é o histórico familiar, parentes de primeiro grau: pai ou irmão com diagnóstico de câncer de próstata. Esse homem vai ter a chance aumentada”, disse o médico. Outros fatores que devem ser considerados são a raça (homens com ascendência africana ou caribenha) e a obesidade. No caso desse último fator de risco, os pacientes têm maior probabilidade de desenvolver câncer mais agressivo.

PREVENÇÃO
Manter uma dieta saudável, praticar atividade física regularmente, evitar o cigarro e ir periodicamente ao urologista, a partir dos 45 anos, são as formas de cuidados preventivos para o diagnóstico do câncer de próstata. “A forma de prevenção primária [considerando os fatores de histórico familiar e raça] é limitada, e o foco é a prevenção secundária. Ter o diagnóstico na fase mais precoce e oferecer cura para esse paciente”, orientou o urologista Thiago Costa.

Considerando a campanha Novembro Azul para chamar a atenção do homem em cuidar da saúde de forma geral, o urologista Jarques Lúcio lembrou também a importância dos pais ou responsáveis levarem o adolescente ao urologista para a prevenção de outras doenças, como câncer de testículo, orientações sobre métodos contraceptivos e ainda vacinação contra o papilomavírus humano (HPV). “O pico de incidência do câncer de testículo é na adolescência e é um câncer indolor também. Outro problema é o início da vida sexual. A mulher é aconselhada pela ginecologista. O homem, não. Esse adolescente sofre primeiro para depois voltar ao médico”, concluiu Jarques Lúcio.

NOVEMBRO AZUL
A campanha Novembro Azul tem o objetivo de chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce de doenças que atingem a população masculina, sobretudo o câncer de próstata. A doença é o segundo tipo de câncer mais incidente no homem em todas as regiões do país, atrás apenas dos tumores de pele não melanoma.
De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Brasil estimam-se 71.730 novos casos de câncer de próstata por ano para o triênio 2023-2025. Na Paraíba, a estimativa é de 1.650 casos.

“SEM CONTRAINDICAÇÃO”
Toda semana a Unimed João Pessoa leva ao ar um novo episódio do videocast “Sem Contraindicação”. O programa é publicado sempre às quintas-feiras, ao meio-dia, com dois convidados para falar sobre temas voltados principalmente à saúde, qualidade de vida e bem-estar.
Os episódios estão disponíveis nos canais da Unimed JP no YouTube e no Spotify. Para conferir os canais, obter mais informações e enviar sugestões, basta acessar o Portal Unimed João Pessoa: www.unimedjp.com.br/semcontraindicacao



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //