Política

Presidente do Senado volta a condenar ataques ao sistema eleitoral


17/05/2022

Portal WSCOM

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), voltou a condenar os ataques feitos ao processo eleitoral e afirmou que é necessário “virar a página” das críticas às urnas eletrônicas.

Em entrevista ao programa “Roda Viva”, o senador não criticou diretamente Jair Bolsonaro que comanda os ataques à urna eletrônica, mas pontuou que os candidatos ao Planalto não podem ameaçar o estado de direito.

“Não podemos é permitir que instituições, a esta altura, depois de tudo demonstrado, de como é que funciona todo o mecanismo da Justiça Eleitoral, ainda insistam em questionar as urnas eletrônicas. Nós devemos superar essa fase, virar essa página — disse Pacheco. Para o presidente do Senado, esses ataques não têm fundamento nem lastro probatório.

O presidente do Senado enfatizou que o resultado da eleição será respeitado por todos, inclusive pelos militares, e disse que a corporação não deve ter compromisso político eleitoral com ninguém.

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.