Paraíba

Padre Egídio e duas auxiliares são alvo de denúncia do MP por crimes no Caso Padre Zé


02/12/2023

(Foto: Henrique do Valle/TV Manaíra)

Portal WSCOM

Egídio de Carvalho, Amanda Duarte e Jannyne Dantas foram denunciados pelo Ministério Público da Paraíba em investigação de desvios e fraudes na administração do Hospital Padre Zé. Eles enfrentam acusações de peculato e falsidade ideológica.

A denúncia foi apresentada à 4ª Vara Criminal de João Pessoa, e o caso está sob segredo de justiça.

A denúncia  aponta  irregularidades na aquisição e locação de um veículo Spin, registrado em nome de Jannyne Dantas, comprado por R$ 122 mil no início de 2022. Os recursos destinados à compra e aluguel do veículo, totalizando R$ 193,4 mil, teriam sido desviados de projetos voltados à assistência de pessoas em situação de rua e venezuelanos.

Jannyne teria alugado o veículo ao Instituto São José, representado por Egídio de Carvalho Neto, ex-diretor do hospital, recebendo 20 parcelas mensais de R$ 3.572,00, totalizando R$ 71.440,00.

Ainda é apontado na denúncia a compra de equipamentos para o Hospital no período da pandemia.

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //