Política

Nilvan Ferreira aponta ‘perseguição’ e desiste de disputar Prefeitura de João Pessoa, mas deixa em aberto eleição em Santa Rita


02/02/2024

Portal WSCOM

O comunicador Nilvan Ferreira confirmou oficialmente nesta sexta-feira (2) sua desistência da corrida eleitoral para as eleições deste ano em João Pessoa. Ele disse que o motivo é uma série de perseguições políticas orquestradas pelo próprio partido, o PL .

Nilvan deixou em aberto, no entanto, a disputa pela Prefeitura de Santa Rita. A decisão deve ser comunicada após o Carnaval.

“Estou comunicando aqui oficialmente que estou renunciando à condição de pré-candidato a prefeito de João Pessoa nas eleições deste ano. Não sou mais candidato ou pré-candidato à prefeitura da capital, terra que todos nós aprendemos a amar e a gostar. Todos sabem por que tomei essa decisão”, declarou Nilvan.

O político destacou a’onda de perseguições’ que enfrentou nos últimos meses, atribuindo a origem desses ataques ao seu próprio partido, o PL. Ele ressaltou que abriu mão de sua candidatura à reeleição como deputado para apoiar o PL nas eleições de 2022, mas foi alvo de uma conspiração interna.

“Nos últimos meses, armou-se uma assanha de perseguição contra Nilvan, contra aqueles que o acompanham. Essa perseguição foi orquestrada pelo meu próprio partido, o PL, partido que disputa o governo do estado. Partido que abdiquei de ser Deputado para fazer um palanque para o PL nas eleições de 2022”, explicou Nilvan.

O ex-candidato alegou que foi boicotado e perseguido, culminando na impossibilidade de encontrar um partido que o apoiasse na eleição deste ano.

“Chega hoje fevereiro, e eu não tenho condições de ter um partido que me dê legenda para disputar a eleição com as condições mínimas para disputar e vencer a eleição em João Pessoa”, lamentou.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //